Brasil: GT da Soja afirma que Moratória da Soja é pacto de desmatamento zero assinado por gov., empresas e ONG ambientais que ajudou a reduzir desmatamento causado pela soja

Author: Gazeta do Povo/Amazônia Notícias e Informações/Amigos da Terra – Amazônia Brasileira (Brazil), Published on: 12 January 2018

"Soja é responsável por apenas 1% do desmatamento na Amazônia-Dados foram divulgados nesta quarta (10) e são referentes à última década, desde que o pacto de desmatamento zero foi assinado por governo, empresas e ONG's ambientais", 11 de janeiro de 2018
Nos últimos 11 anos, desde que foi criada a Moratória da Soja (parceria entre ONGs, entidades e empresas agropecuárias, e governo federal), apenas 1,2% do desmatamento na Amazônia foram provocados pela oleaginosa. Os dados foram divulgados...[em 10 de janeiro]...pelo Ministério do Meio Ambiente e fazem parte do relatório 2016/17 do Grupo de Trabalho da Soja (GTS), que monitora por satélite o plantio do grão na região do bioma, envolvendo os estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Amapá, Maranhão e Tocantins...[A]...área dedicada à oleaginosa na Amazônia mais do que triplicou no período, passando de 1.140 mil hectares na safra 2006/07 para 4.480 mil de hectares na safra 2016/17...47,3 mil hectares estavam em desacordo com a Moratória...[D]esde 2009, a taxa de desmatamento caiu 85% nas cidades analisadas, chegando a 1.049 km²/ano..."Após 11 anos de excelentes resultados, a Moratória precisa continuar a ser fonte de inspiração para outras políticas corporativas de desmatamento zero e fonte de reflexão sobre a importância de ampliar tais medidas para outros ambientes frágeis e com altas taxas de desmatamento, como é o caso do Cerrado", completa Paulo Adario, coordenador do Grupo de Trabalho da Soja (GTS) e estrategista sênior de florestas do Greenpeace...[O]...GTS reúne a Abiove, a Anec e empresas associadas, a sociedade civil (Greenpeace, WWF Brasil, TNC, Imaflora, Ipam e Earth Innovation), o Ministério do Meio Ambiente e o Banco do Brasil. O relatório é assinado pela Agrosatélite, pela Abiove e pelo Inpe e auditado por esse instituto.

Read the full post here

Related companies: Banco do Brasil